No ar: -

Porto conta com torcida para bater Zenit e se classificar às oitavas

Categorias:
Esportes
Hulk é uma das esperanças do Porto para garantir a vaga à próxima fase da Liga dos Campeões (AFP)

Porto e Zenit se enfrentam nesta terça-feira, às 17h45m (de Brasília) no Estádio do Dragão, em Portugal, para definir quem acompanha o Apoel, do Chipre, como classificado do Grupo G nas oitavas da Liga dos Campeões. Os portugueses só avançam se vencerem, enquanto os russos jogam pelo empate.

Grande surpresa desta fase de grupos, o Apoel lidera a chave com nove pontos, enquanto o time russo está com oito. O Porto aparece com sete, enquanto os ucranianos do Shakthar Donetsk, já eliminados, fizeram apenas dois até agora.

Apesar de liderar o Campeonato Português, o Porto chega em um momento repleto de incerteza. Em novembro, o time foi eliminado da Taça de Portugal pelo Académica, o que gerou críticas à equipe e ao técnico Vítor Pereira.

Para o jogo, o treinador tem uma dúvida na lateral-direita: não sabe se mantém o zagueiro Maicon improvisado ou se coloca o uruguaio Fucile. Na frente, os brasileiros Hulk e Kléber estão confirmados, enquanto o goleiro Hélton será titular e o volante Fernando estará no meio-campo.

No Zenit, o estímulo é a classificação inédita à próxima fase da Liga dos Campeões. O clube teve a chance de confirmar a vaga na rodada passada, quando empatou com o Apoel em 0 a 0 diante de sua torcida. Entretanto, joga por nova igualdade para passar.

O técnico italiano Luciano Spalletti deve fazer apenas uma alteração, no meio-campo, com o sérvio Lazovich no lugar de Bujarov. Como atuará fora de casa, ele também cogita escalar o veterano Semak, mais experiente.

Surpresa, Apoel tenta terminar como líder

Contrariando todas as previsões que o colocavam como lanterna antes de a fase de grupos começar, o Apoel recebe o Shakhtar Donetsk precisando de um simples triunfo para classificar-se às oitavas como primeiro da chave, e invicto.

Um empate ou até mesmo uma derrota garantem os cipriotas na ponta, mas dependendo do que acontecer entre Porto e Zenit. Para definir o time titular, o sérvio Ivan Jovanovic, técnico do Apoel, manterá Alexandrou na lateral-esquerda, já que o brasileiro William (ex-Cabofriense e Anorthosis, também do Chipre) segue ausente.

Já o Shakhtar entra em campo desmotivado, já que nem chances de classificação à Liga Europa terá. A única chance de não passar a temporada em branco é obter o título ucraniano, que ainda disputa com Dínamo de Kiev e Metalist.

Talvez pensando nesta reta final do campeonato nacional, o técnico romeno Mircea Lucescu mandará a campo sua força máxima, incluindo os brasileiros Willian, Eduardo Costa, Fernandinho e Luiz Adriano. Eduardo da Silva, nascido no Brasil e naturalizado croata, também está entre os titulares.

Confira as prováveis escalações:

Porto: Hélton; Maicon, Otamendi, Rolando e Álvaro Pereira; Fernando, João Moutinho e Defour; James, Hulk e Kléber.

Zenit: Malaféev; Anyukov, Lomberts, Hubocan e Criscito; Shirokov, Zyriánov (Semak), Denisov e Fayzulin; Danny e Lazovich.

Árbitro: Carlos Velasco Carballo (ESP).

G1